O traiçoeiro

sábado, 26 de março de 2011
"Só quem já cruzou desertos saberá chorar em frente ao mar
Sei, a dor conduz para a evolução
Mas não precisava ser assim"
(Jorge Vercillo)

"Amar é sempre ser vulnerável. Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir. Se quiser ter a certeza de mantê-lo intacto, você não deve entregá-lo a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em seus hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, guarde o na segurança do esquife de seu egoísmo.
Mas nesse esquife – seguro, sem movimento, sem ar - ele vai mudar. Ele não vai se partir – vai tornar-se indestrutível, impenetrável, irredimível. A alternativa a uma tragédia ou pelo menos ao risco de uma tragédia é a condenação. O único lugar além do céu onde se pode estar perfeitamente a salvo de todos os riscos e pertubações do amor é o inferno."
(CS Lewis)


Dias afastada do blog.
Vida tumultuadíssima.
Tô exausta.
Tenho trabalhado até as 20/21h, todos os dias, no escritório. Fico lá, cumprindo prazos, pois passo o dia em audiência.
Não tenho me alimentado, nem bem, nem mal, simplesmente não tenho apetite algum.

Tô perdendo peso, ânimo e disposição.
Alegria?
Paz?
Já não existem mais...
Estou adoecida. Todo o meu ser está em pane.

Na última sexta começei a terapia. A psicologa é maravilhosa!!!!!
A Dra. Jolie - 'jolie' porque ela é muito linda, delicada, graciosa, discreta, ponderada, um doce de criatura - me surpreendeu!

Estava super ansiosa com a primeira consulta, achei que ela poderia ser uma maluquete, que falaria um monte de coisas desconexas e desarrazoadas, e NÃO FOI ASSIM!!!!!! Ela é um anjo loiro que foi colocada na minha vida!

Ufa! rs

Depois de ouvir muito desabafo e choro, ela sintetizou numa 'frase' o que tô sentindo...

Estou sem um pedaço de mim. Me entreguei, me doei por inteiro, sem limites e reservas e agora não dá pra ir até o ex e falar: me devolve! Devolve tudo o que tirou de mim! Devolva meu coração, minha'lma, minha alegria, minha paz, minha integridade física-emocional-psicológica. Devolva a minha vida!

Não dá. Não dá pra falar isso.

Sinto-me oca, mas em luta.

Luto por minha reconstrução.
Luto pra me recuperar.
Luto por sentimentos e emoções novas.
Luto e busco reencontrar a alegria de viver.
Luto e sofro.
Luto e torno-me forte.
Luto pra vencer esse coração traiçoeiro.
Luto e venço.

Sim, eu venço.

A vida é uma só, mas o amor não.
Esse traiçoeiro pode nos aparecer de diversas formas, em momentos distintos e com pessoas diferentes.
Ele sempre se apresenta sob uma nova faceta e estou disposta a conhecê-lo, em outra vertente, quantas vezes for preciso.

Bjo, bjo e ótimo sábado!


PS: Registro aqui meu agradecimento em particular a duas pessoas que têm marcado-me e ajudado-me muito: Dr. Psico e Biel.
O meu muito obrigado!

2 comentários:

Hebert Melanias Says:
7 de janeiro de 2012 01:52

Perfeito x)

Sara Caroline Says:
7 de janeiro de 2012 23:02

Obrigado Hebert. Seja bem vindo ao blog. Comente mesmo, me diga o que achou, se gostou ou não, porque, quando, onde, como... rs. Vou ler cada comentário! Fique a vontade.